A real visão que precisamos ter dos casamentos.

By 14 de abril de 2017Karoll Chamone
Muitos conceitos sobre a vida a dois que as pessoas têm, em muitos casos, podem estar errados ou distorcidos. Então prestem atenção no papo de hoje, se você for casado ou se pretende casar algum dia... Casais felizes nunca discutem? Diálogo é tudo numa relação, seja ela afetiva ou não. Quando o diálogo de um casal vai bem, sua vida sexual vai ainda melhor. Não discutir com o companheiro é sinal de que o casal não está lidando com assuntos do dia a dia, e pode desencadear muitos problemas futuros. Todo casal precisa dialogar para entrar num consenso, mas para isso acontecer, muitas vezes pode não sair como o combinado, então, casais felizes acabam brigando, sim. Contudo o casais se amam, logo procuram resolver as questões que fizeram o desentendimento acontecer, e sempre estão a procura de um equilíbrio ao lidarem com situações importantes. O que diferencia os casamentos felizes dos infelizes é que os dois aprendem a lidar com os conflitos e com os desentendimentos, pois eles irão aparecer, é óbvio... mas o casal que tenta na prática resolver tudo de maneira saudável e produtiva, com muita atenção para não ferir o outro, ou deixar a situação mais tensa, diminuem em gênero, número e grau, os problemas da relação afetiva, e priorizam resolverem juntos, todas as questoes. Dica essencial: Não acumulem problemas. Trabalhem assim, a tolerância e a razão para que aprendam a atacar o problema em questão, não a vocês como pessoa. Casais que reconhecem que o relacionamento passará por momentos difíceis e desafiadores, recorrem a serem mais dedicados a resolverem os conflitos, e são aqueles que ficam mais satisfeitos a longo prazo, pois objetivam logo a melhora e solução do que os incomodou. A vida sexual das pessoas casadas é ruim? Pode tirar essa ideia da sua cabeça. A vida sexual das pessoas casadas, pode até ser menos frequente, porém a qualidade investida na relação estável com a trocas de alianças chega a ser mais intensa, com certeza! Um relacionamento estável tende a ser sexualmente mais agradável, pois os parceiros estão mais seguros com o compromisso e isso gera uma entrega sem medidas, tornando-nos cada vez mais íntimos. E não para por aí, o amor e o companheirismo fazem com que o sexo seja fisicamente mais satisfatório para as mulheres, já que elas conseguem aproveitar ainda mais a relação e chegar ao clímax mais facilmente. Se propõem a conhecerem seu corpo e levam o parceiro a descobri-lo também. O que não pode acontecer com o casal casado é, ambos acomodarem-se com a monotonia da rotina, pois ela vai bater à porta, ah, se vai! O casamento trás uma sensação de compromisso sério pra relação, a estabilidade de um ser o "Porto Seguro" do outro, e quem tá casado vai pensar mil vezes mais em cortar os laços, do que quem apenas mora junto. Por isso a ligação aumenta e o comprometimento também, ambos tem mais consciência e fazem de tudo pra dar certo, e isso realmente faz diferença também no sexo, na vida sexual por completo. Cuidado: A sensação de ter sempre ali disponível o outro, pode acabar amornando o sexo, as desculpas tomam conta, e vêm os desencontros. Você acorda excitado, ela prefere dormir mais alguns minutos. Você colocou uma lingerie matadora e ele quer assistir ao jogo. Que desordem de pensamentos não é mesmo? Porém precisamos aprender a nos virar mesmo com esses percalços. Esperar pelo momento mágico em que o tesão e a disponibilidade de ambos se alinham pode demorar tanto quanto um eclipse lunar, acredita? Pena, mas essa é a verdade que muitos escondem debaixo dos lençóis. É engraçado também como a gente investe tanto em certas coisas, foca, e tira tempo e dinheiro para melhorar vários aspectos ... menos o sexual, deixando sempre o sexo de lado, em última instância. Se vocês como casal, não se preocuparem em modificar ou apimentar a relação, o que esperam que aconteça, como estará o futuro do seu relacionamento, se ele depende só de vocês, o que esperam? Agir só quando o casamento esta prestes a acabar? Atente-se! O que não pode acontecer é o casal deixar a situação ser levada e não fazer absolutamente nada. Dica infalível: Porque não reformular a vida a dois estabelecendo um dia para saírem, como num encontro marcado, e se preparem para isto. Tire um dia da semana para saírem pra algum lugar, só vocês dois. Isso deve virar regra dentro do casamento. Muitas vezes o sexo entre os casados pode ser visto como um sexo pior, dando um conotação de que casados não fazerem sexo, mas não é bem assim, se o casal é dedicado, se voces programarem um dia na semana pra saírem, vocês estarão trazendo novidade para o relacionamento, relembrando o começo da relação quando vocês saíam nao é mesmo? Uma dica valiosa, que não poderá ser esquecida: A paixao será motivada apenas, se continuar existindo a novidade e o mistério dentro da relação a dois, sabia? Isso que irá avivar entre 4 paredes a atividades sexual do casal e ajudará a conecta-los sempre. Coloque isso em prática, em sua relação a dois, e me diga se tudo pode mudar! Beijos da Karoll Chamone

Muitos conceitos sobre a vida a dois que as pessoas têm, em muitos casos, podem estar errados ou distorcidos.
Então prestem atenção no papo de hoje, se você for casado ou se pretende casar algum dia…

Casais felizes nunca discutem?

Diálogo é tudo numa relação, seja ela afetiva ou não.
Quando o diálogo de um casal vai bem, sua vida sexual vai ainda melhor.
Não discutir com o companheiro é sinal de que o casal não está lidando com assuntos do dia a dia, e pode desencadear muitos problemas futuros.
Todo casal precisa dialogar para entrar num consenso, mas para isso acontecer, muitas vezes pode não sair como o combinado, então, casais felizes acabam brigando, sim.

Contudo o casais se amam, logo procuram resolver as questões que fizeram o desentendimento acontecer, e sempre estão a procura de um equilíbrio ao lidarem com situações importantes.

O que diferencia os casamentos felizes dos infelizes é que os dois aprendem a lidar com os conflitos e com os desentendimentos, pois eles irão aparecer, é óbvio… mas o casal que tenta na prática resolver tudo de maneira saudável e produtiva, com muita atenção para não ferir o outro, ou deixar a situação mais tensa, diminuem em gênero, número e grau, os problemas da relação afetiva, e priorizam resolverem juntos, todas as questoes.

Dica essencial:
Não acumulem problemas. Trabalhem assim, a tolerância e a razão para que aprendam a atacar o problema em questão, não a vocês como pessoa.

Casais que reconhecem que o relacionamento passará por momentos difíceis e desafiadores, recorrem a serem mais dedicados a resolverem os conflitos, e são aqueles que ficam mais satisfeitos a longo prazo, pois objetivam logo a melhora e solução do que os incomodou.

A vida sexual das pessoas casadas é ruim?

Pode tirar essa ideia da sua cabeça. A vida sexual das pessoas casadas, pode até ser menos frequente, porém a qualidade investida na relação estável com a trocas de alianças chega a ser mais intensa, com certeza!

Um relacionamento estável tende a ser sexualmente mais agradável, pois os parceiros estão mais seguros com o compromisso e isso gera uma entrega sem medidas, tornando-nos cada vez mais íntimos.
E não para por aí, o amor e o companheirismo fazem com que o sexo seja fisicamente mais satisfatório para as mulheres, já que elas conseguem aproveitar ainda mais a relação e chegar ao clímax mais facilmente. Se propõem a conhecerem seu corpo e levam o parceiro a descobri-lo também.

O que não pode acontecer com o casal casado é, ambos acomodarem-se com a monotonia da rotina, pois ela vai bater à porta, ah, se vai!

O casamento trás uma sensação de compromisso sério pra relação, a estabilidade de um ser o “Porto Seguro” do outro, e quem tá casado vai pensar mil vezes mais em cortar os laços, do que quem apenas mora junto. Por isso a ligação aumenta e o comprometimento também, ambos tem mais consciência e fazem de tudo pra dar certo, e isso realmente faz diferença também no sexo, na vida sexual por completo.

Cuidado: A sensação de ter sempre ali disponível o outro, pode acabar amornando o sexo, as desculpas tomam conta, e vêm os desencontros. Você acorda excitado, ela prefere dormir mais alguns minutos. Você colocou uma lingerie matadora e ele quer assistir ao jogo… Que desordem de pensamentos não é mesmo? Porém precisamos aprender a nos virar mesmo com esses percalços.

Esperar pelo momento mágico em que o tesão e a disponibilidade de ambos se alinham pode demorar tanto quanto um eclipse lunar, acredita? Pena, mas essa é a verdade que muitos escondem debaixo dos lençóis.

 É engraçado também como a gente investe tanto em certas coisas, tem determinação e tira tempo e dinheiro para melhorar vários aspectos de nossa vida, menos o aspecto sexual muitas vezes, deixando sempre o sexo de lado, em última instância.

Se vocês como casal, não se preocuparem em modificar ou apimentar a relação, o que esperam que aconteça, como estará o futuro do seu relacionamento, se ele depende só de vocês, o que esperam?

Agir só quando o casamento esta prestes a acabar? Atente-se!

O que não pode acontecer é o casal deixar a situação ser levada e não fazer absolutamente nada.

Dica infalível: Porque não reformular a vida a dois estabelecendo um dia para saírem, como num encontro marcado, e se preparem para isto. Tire um dia da semana para saírem pra algum lugar, só vocês dois. Isso deve virar regra dentro do casamento.

Muitas vezes o sexo entre os casados pode ser visto como um sexo pior, dando um conotação de que casados não fazerem sexo, mas não é bem assim, se o casal é dedicado, se voces programarem um dia na semana pra saírem, vocês estarão trazendo novidade para o relacionamento, relembrando o começo da relação quando vocês saíam nao é mesmo?

Uma dica valiosa, que não poderá ser esquecida: A paixao será motivada apenas, se continuar existindo a novidade e o mistério dentro da relação a dois, sabia? Isso que irá avivar entre 4 paredes a atividades sexual do casal e ajudará a conecta-los sempre.

Coloque isso em prática, em sua relação a dois, e me diga se tudo pode mudar!

Beijos da Karoll Chamone

Leave a Reply