Desenvolva o autoconhecimento em sua vida amorosa e crie possibilidades incríveis para manter o seu relacionamento feliz!

By 21 de abril de 2017Karoll Chamone

A ferramenta do autoconhecimento promove o seu crescimento e seu desenvolvimento tanto em sua vida pessoal, profissional, quanto em sua vida afetiva e amorosa.
Por meio desse processo, tanto o homem, quanto você mulher, precisam permitirem-se transformar, se desenvolver para não levar cargas muito complicadas sozinha e com esta possibilidade de amadurecimento, conhecendo a si mesma, tudo ficará mais fácil e aceitável, trazendo a leveza que todo relacionamento precisa para durar, permitindo uma vida emocionalmente mais saudável e equilibrada.

A partir desta conquista você conseguirá identificar as suas qualidades, a sua maneira de lidar com situações, conseguirá realizar mudanças em seu comportamento e ver por outra dimensão os seus pontos de melhoria, suas limitações, fraquezas e também redirecionar suas vontades e trazer a tona seus desejos mais íntimos.
Como consequência deste aprendizado de si mesmo, você se tornará capaz de traçar metas e objetivos, quanto a sua relação a dois, além de construir um relacionamento afetivo sem substimar o outro ou criar expectativas, evitando assim as frustrações.

Tenham foco no relacionamento à dois!

Ter capacidade de manter a atenção e o interesse do seu (a) amado (a) voltada para a intimidade de vocês e para as metas que gostaria de conquistar no convívio diário, irão trazer melhorias em relação a convivência com o seu (sua) cônjuge, é uma das principais formas de desenvolver o sentimento e construir uma relação estável, harmoniosa e duradoura.
Uma condição mais eficiente para promover este patamar de harmonia e leveza na vida a dois é através do diálogo. A partir daí ambos se tornarão colaboradores nesta construção amorosa, colocando em prática a ajuda mútua e se sentirão mais motivados a iniciarem e a finalizarem seus objetivos e suas atividades a dois, alcançando aquilo que preestabeleceram no início da relação, sem deixar findar o carinho, o compromisso e o amor.

Criem hábitos juntos!

A criação de hábitos entre o casal, possibilita que as atividades a serem desenvolvidas juntos, aconteçam de maneira natural. Com isso o companheirismo,  (não necessariamente você precisa realizar tudo junto do outro), mas para estabelecerem uma conexão intensa dentro da relação no dia a dia e debaixo dos lençóis haverá necessidade de resgatar a intimidade entre ambos e reavivar o desejo entre quatro paredes. E isso só conseguimos realizar se conhecermos profundamente a nós mesmos, pois tudo que colocamos como prioridade e não medimos esforços diários para manter interessante a nossos olhos, se desenvolve, cresce e floresce, assim também são os hábitos dentro da vida conjunta, entre o casal.

Tenham prioridades e o sexo faz parte disto!

Você deve definir quais são as suas prioridades em relação ao seu casamento. E a vida sexual é uma delas! Por isso mostre com atitudes o seu interesse, e elogie sempre que achar necessário a performance do outro, quando ele (a) te agradar na cama.
Quando isso ocorre, o conjuge reage positivamente e passa a trabalhar pelo mesmo objetivo que você, a busca e conquista do prazer à dois. Sempre tente-o (a) mantê-lo  (la) interessado (a) com suas atitudes diárias, pois o sexo começa com o bom dia que você dá, ou não, isso irá repercutir e você se adaptando conseguirá ver as melhorias que ambos conseguirão atingir de forma rápida, para resgatar e manter o desejo e a intensidade que tanto desejam entre quatro paredes.

Organizem-se!

Com uma rotina organizada, você e seu conjuge conseguirão alinhar suas demandas profissionais, familiares, e amorosas, o que auxilia muito o convivio dentro de casa. Sem contar que isso facilita a gestão de tempo e permite a verdadeira entrega de ambos em prol de um relacionamento mais saudável e prazeroso em todos os aspectos.

Casais que se organizam, desfrutam até dos encontros agendados, pois para se adaptarem ao corre-corre do dia a dia, o casal tem que dar atenção ao relacionamento na medida, para que ele não fique esquecido e chegue ao fim.

Espero que minhas dicas tenham te ajudado! Comente o que achou, ou relate aqui a sua experiência!

Beijos
Karoll Chamone

Leave a Reply